Em tempos de crise

Em tempos de crise

 

 

Nesta crise inesperada que nos põe todos como iguais, somos levados a parar.

Estamos sempre nos distraindo, sem conseguir parar de querer fazer alguma coisa e de chegar a algum lugar.

Agora somos obrigados a parar para nos proteger e proteger  os outros.

Corremos a buscar soluções para continuarmos ligados; que lindo!

Por outro lado, ficar com a família em casa, construir rotinas pacíficas e divertidas é um desafio grande.

Nesse confinamento aparecem nossas sombras, não dê poder a elas; acolha, sinta compaixão por você. Tudo vai passar, como sempre.

Com minha amiga Eva, funcionaria da casa, também isolada, “briguei” um pouco com o aspirador, com a limpeza, com a cozinha de quem tinha me distanciado há anos e agora os reencontro; mas já que não é possível nem caminhar, eles tem sido minha academia.

Já na minha 7ª temporada, mergulhada no grupo de risco, tento dar sentido a cada dia….não há tempo a perder.

Todos se adaptando num novo ritmo. Um ótimo tempo para estudar, meditar, trocar Reiki à distância e ……aquietar, silenciar e se liberar no infinito sem fronteiras da mente.

Muitas histórias tensas.

Há 2 tipos de compaixão: a básica e a absoluta.

Pelo exemplo que Lama Padma Samten deu no último do retiro de verão:

Compaixão básica é aquela com que você ajuda um dos enxadristas a fazer a melhor jogada mas que prejudica o oponente; essa é a história do Samsara: ajudamos um lado e prejudicamos o outro….contradições permanentes.

Compaixão absoluta é aquela em que usamos a natureza livre da mente, nossa verdadeira natureza e ajudamos a liberar as fixações, os desejos ilimitados e a passar suavemente por entre as situações, felizes ou desafiadoras.

É com compaixão absoluta que podemos dar um sentido a estes dias, colaborando como iguais, sem discriminação, sem privilégios, pelo bem de todos.

Esse covid 19, é um bom Mestre de treinamento, como todos os pequenos tiranos são.

Ouço as aflições: medo da morte? medo da falta de liberdade? O que mais? medo de despedidas? O que você está sentindo?

Qual treinamento você tem usado para fazer surgir a coragem em você?

Qual treinamento você tem usado para fazer surgir a coragem nos outros?