Sono como meditação

Sono como meditação

 

 

 

Como já anunciado, SS Dalai Lama vai proporcionar iniciação e ensinamentos sobre Chenrezi (Tibet) ou Avalokitsvara (India) ou mãe Kuan Yin (China); estas são a mesma figura símbolo da compaixão.

Seu mantra é o mais conhecido do Budismo, OM MANI PEME HUM.

Sua motivação é agir para aliviar o sofrimento dos seres seja físico, mental ou emocional.

Se diz que é o Buda dos terapeutas, porque a explicação da simbologia desse Buda é que ele ouve os sons do mundo, ou seja; entender o mundo da Outra Pessoa.

Essa figura é retratada de várias formas; com vários braços, vários olhos ou cabeças simbolizando que ele tem muitas habilidades.,

Entre suas mãos em prece na altura do coração, ele leva uma pedra preciosa azul escuro capaz de curar todas as dores.

Já que os sonhos são uma forma de conhecer nosso Ego e suas armadilhas, Dilgo Kyentse Rinpoche deixou um ensinamento interessante para a hora de dormir:

“transforme seu dormir diário em uma prática espiritual.

Antes de ir dormir reflita sobre o que fez durante o dia. Confesse alguma ação que foi negativa e decida firmemente não repeti-la.

Relembre o que você tenha feito de positivo, dedique todos os méritos que você tenha acumulado durante o dia para dar liberação rápida a todos os seres.

Então, deite-se e tome a “postura d leão”, virando para teu lado direito com a mão embaixo do rosto e seu outro braço  sobre o lado esquerdo do corpo ; essa foi a posição que o Senhor Buda ficou na hora de seu paranirvana ( passagem de sua morte).

A seguir visualize no centro do teu coração a figura de Chenrezi no tamanho de teu polegar sentado sobre um lotus vermelho de 4 pétalas.

Raios de luz emanam dessa figura preenchendo teu corpo, o quarto e, gradualmente, todo o Universo, transformando tudo numa massa radiante de luz.

Caia no sono enquanto você mantem essa visualização.”

~ Dilgo Khyentse Rinpoche – The heart treasure of the enlightened ones – Shambhala Publications