Quem é o perdedor?

Quem é o perdedor?

 

 

Os estudos budistas apontam 5 emoções de base para investigar onde estamos “presos”.

Na verdade, são 5 famílias de emoções que nos roubam o momento do agora:

*Insegurança (medos, preocupações, desconfianças – e tudo que lança para o futuro)

*raiva (frustração, decepção, vingança, tristeza – e tudo o que prende ao passado)

*baixa-autoestima (duvidas, ignorância, ingenuidade, criticas, confusão, dependências – e tudo o que tira autoconfiança)

*orgulho (culpa, vergonha, disfarces, mentiras, mascaras, exageros, perfeccionismo – e tudo o que falsifica e força a auto importância)

*inveja/ ciúmes (competitividade, investigação, descaso, incompetência, preguiça, negligência, solidão, preconceito, egoísmo – e tudo que cria insatisfação, limites e fronteiras, até mesmo o engordar corpo, finanças, livros, diplomas etc etc etc)

 

Entendendo : ciúmes é medo de perder a importância que temos em relação a alguém.

inveja é medo de não ter algo que nos dá importância.

 

Todos…todos mesmo!….vivemos tudo isso de alguma forma, em algum momento.

Porém ….a insegurança, a raiva e baixa-autoestima podem até mesmo, ser até certo ponto, uma fonte de impulso para agir e mudar, seria até um pequeno ganho.

 

Mas o orgulho e a inveja são EMOÇÕES DE PERDEDORES.

Orgulho e inveja/ciúmes só esvaziam a vida, os projetos e roubam a naturalidade a simplicidade e a alegria.

Principalmente a alegria!

Assim descobri e aprendi com Dzongsar K.Rinpoche