Como tirar o poder do Ego

Como tirar o poder do Ego

 

 

Ego pode ser entendido como uma figura neurológica que tem a função de preservar a vida nos situando nas histórias.

No entanto, ao criar tentáculos alargando seus domínios cria armadilhas e a ilusão de que temos coisas, pessoas, importância, poder, orgulho, culpas, vergonhas, máscaras, obrigações etc …..fontes de sofrimento ….porque tudo é incerto e tudo que é composto, termina.

“Ralar” o ego vai ajudando a se sentir mais liberto.

O Mestre Dzongsar Rinpoche sugere um método do Budismo Tibetano:

 

‘O propósito da prática do Darma é atingir a iluminação. Na verdade, atingir a iluminação é exatamente o mesmo que nos livrarmos da ignorância, e a raiz da ignorância é o ego. Seja qual for o caminho que tomarmos, seja a rota longa e disciplinada, ou a rota curta e selvagem, no final o ponto essencial é que eliminaremos o ego.

 Há muitas, muitas diferentes formas de fazer isto, por exemplo, através da meditação shamatha [tranquilidade], e todas elas funcionam em maior ou menor grau. Entretanto, uma vez que temos convivido com nosso ego por tantas vidas e que estamos tão familiarizados com ele, a cada vez que entramos em um caminho em nossos esforços para eliminar o ego, esse mesmo caminho é assaltado pelo ego e manipulado de tal forma que ao invés de esmagar nosso ego, nosso caminho apenas ajuda a reforçá-lo. 

Esta é a razão pela qual no Vajrayana a devoção ao guru, ou Guru Yoga, é ensinada como uma prática vital e essencial. Como o guru é um ser humano vivo, que respira, ele ou ela é capaz de lidar diretamente com o seu ego.

 Ler um livro sobre como eliminar o ego pode ser interessante, mas você nunca sentirá reverência por um livro, e de qualquer forma, os livros estão totalmente abertos à sua interpretação. Um livro não pode falar ou reagir a você, ao passo que o guru pode e irá chacoalhar o seu ego até que, finalmente, ele seja eliminado completamente.

 Quer isto seja alcançado de forma irada ou gentil não importa, mas no final é isto que o guru precisa fazer; e é por isto que a devoção ao guru é tão importante.”